Portal do Governo Brasileiro

 

   

Aprendendo a Exportar

Incoterms 2010


INCOTERMS 2010

A partir de 1º de janeiro de 2011 entrou em vigor a versão Incoterms 2010, que não incorpora quatro termos da versão 2000 e inclui dois novos termos, reduzindo de treze para onze o número de Incoterms. Observe-se, entretanto, que as versões 2000 e anteriores continuam valendo e podem ser aplicadas desde que haja vontade manifesta das partes envolvidas.

Incoterms não recepcionados pela versão 2010:

DAF (Delivered At Frontier)

DES (Delivered Ex-Ship)

DEQ (Delivered Ex-Quay)

DDU (Delivered Duty Unpaid)

Incoterms incluídos na versão 2010:

DAT (Delivered at Terminal)

DAP (Delivered at Place)

Nos dois novos termos (DAT e DAP) pode ser adotada qualquer modalidade de transporte.

Para os termos FOB (Free on Board), CFR (Cost and Freight) e CIF (Cost, Insurance and Freight) há uma mudança importante dos Incoterms 2000 para os Incoterms 2010: a entrega da mercadoria deixa de ser na amurada do navio para ser a bordo do navio, o que evita erros de interpretação das regras.

 

Os Incoterms 2010 foram discriminados pela International Chamber of Commerce (ICC), em sua Publicação Nº 715E, de 2010. A Resolução CAMEX nº 21 de 07/04/2011 relaciona os códigos que deverão ser adotados para fins de identificação de venda praticada, nos documentos e registros de controle dos órgãos da Administração Federal.

Mais detalhes, códigos e descrição dos INCOTERMS 2010

Voltar para a página geral sobre INCOTERMS